Dia 06.01.2010 – Foz do Iguaçu (por Rosângela e André)

6 01 2010

Bom, acordamos tomamos um ótimo café e seguimos rumo a hidrelétrica de Itaipu.

No início houve uma certa tensão, pois não poderíamos entrar na usina de bermudas…. tivemos que descer as bermudas até o joelho e deu certo, entramos e pagando meia (yesss!!)

Realmente o lugar impressiona:

Tivemos a sorte de pegar as comportas abertas e ainda pudemos entrar dentro de Itaipu.

A visita foi maravilhosa e saímos de lá super orgulhosos do Brasil. Logo depois, seguimos sentido ao templo budista, mas com o calor que estava não deu para curtir a paz da natureza.

Depois ainda fomos ao marco das três bandeiras…..

Saímos de lá e fomos nos encontrar com a Patty e o Rodrigo para pegar as ‘comprinhas’  que eles fizeram no Paraguai e os desodorantes da Vó Reneé…. eles encontraram o branco e o rosa….. aaaaeeeeeeeeeeeeeeee.

Chegamos super cansados no hotel e ainda tivemos que subir aquelas malditas escadas….

Por volta das 19 hs saímos para jantar… a comida estava ótimaaaaaaaa, valeu Rodrigoooo!!!!

Chegamos estufados no hotel e mal conseguíamos respirar de tanto que comemos…. então fomos dormir……





Dia 06.01.2010 – Paraguai (por Patricia e Rodrigo)

6 01 2010

Antes de começar a escrever esse post, quero deixar claro que não conterá nenhuma foto… e tem uma explicação bem plausível… eu não tive coragem de levar a câmera digital, meu celular, nem nenhum outro objeto que pudesse chamar atenção, naquela cidade tumultuada, esquisita, um pouquinho suja… mas.. que proporciona a maior quantidade de produtos importados eletrônicos e de outros gêneros que eu tive a oportunidade de conhecer até hoje.

Dito isto, começarei dizendo que tive que atravessar a ponte da amizade a pé, com o meu namorado dizendo “Patricia, cuidado… anda rápido… passa esse pessoal ai…. cuidado…”

Assim  que coloquei os pés no Paraguai já recebi as seguintes instruções… “Vamos em todas as melhores lojas .. pegamos o preço de tudo e demais voltamos comprando ….”

Eu pensei “PQP…. passar por esse sufoco duas vezes … porque não compra logo da primeira vez…”, mas… resolvi não dizer nada… até porque… eu já sabia que teríamos que pesquisar os preços antes.

Só pra deixar claro.. que acabamos comprando quase tudo… na primeira loja que entramos… rsrs…. pois é…

Recebi também uma encomenda do André e da Ro… comprar um desodorante para a avó do André… a encomenda foi a seguinte… “compre o desodorante tal…. cor de rosa ou branco”.

Gente… eu não encontrava nenhum branco.. então… parti a procura do cor de rosa…  e a coisa ficou pior.. me mostraram vários tons de rosa….  rosa choque, rosa bebe, rosa escuro, claro brilhante… todos da mesma marca… rs

Acho que no final…. vai dar tudo certo.. só quero saber se o rosa está certo ou errado…

Enfim… o nosso dia no Paraguai foi cansativo, apreensivo e extremamente vantajoso!!!! Já que encontramos tudo o que queríamos e por uma preço bem bacana!!! Rsrsrs





Dia 06.01.2010 – Quatro pessoas…. Dois destinos….

6 01 2010

Nosso café da manhã foi muito bom…. talvez o melhor até agora (pelo menos isso para compensar a falta de elevador).

Logo após o café… decidimos que deveríamos nos separar… a Patty e o Rodrigo iriam para o Paraguai, o André e a Ro iriam conhecer a cidade, visitar Itaipu e os demais pontos turísticos.

Dito isto… esse post será escrito de forma diferente, para que vocês não percam nenhuma informação.





Dia 05.01.2010 – O Hotel

5 01 2010

É o seguinte… todos os que estão acompanhando nossa saga desde o inicio, puderam observar os locais pelos quais passamos e de fato algumas das hospedagens não eram lá essas coisas. Tudo bem….

Agora…. todas as nossas hospedagens tinham elevador (até o presente momento), e quando não tinha elevador, era pelo simples motivo de ser uma casa térrea.

Dito isto, queremos registrar que fomos obrigados subir com todas as malas 2 andares pela escada (Rodrigo e Patricia) e 3 andares (André e Ro), ou seja, nesse “maravilhoso hotel”  não tem elevador!!! Ah…. e as escadas não são rolantes!

Até o Hostel em Buenos Aires tinha elevador…. um bem esquisito…. mas… bem útil!!!

Já começou mal…….  RS

Vamos todos dormir … para acordar bem cedo amanhã e partir para todos os passeios… aguardem fotos…..





Dia 05.01.2010 – Primeira Parada – Ainda na Argentina – Dutyfree!!!

5 01 2010

Como de praxe…. assim que vimos a Duty Free de Puerto Iguazu… paramos, prolongando assim, nossa estadia em território argentino. Essa parada só serviu para o Rodrigo e a Patty encherem o carro de mais garrafas (não está mais cabendo nada embaixo dos bancos do carro), e para o André e a Ro comprarem algumas lembrancinhas.

Todos concordam que o André até que está bem mão aberta nessa viagem, já comprou duas camisas e está cheio de imã de geladeira  e deixou a Ro fazer umas comprinhas.

Agora sim, bem felizes (o André mais ou menos), seguiremos rumo ao Hotel Vila Canoas, que agora será nossa moradia por dois dias no Brasil.





Dia 05.01.2010 – O retorno à Pátria Amada…

5 01 2010

Bom chegou o dia de retornar ao Brasil, nossa primeira parada será Foz do Iguaçu, cidade em que visitaremos as Cataratas, Itaipu e adivinhem?? Sairemos novamente do Brasil (só por algumas horas) para fazer umas comprinhas básicas no Paraguai.

A viagem até Foz do Iguaçu demorará aproximadamente 3 horas, e tudo indica será bem tranqüilo.

Até lá.





Dia 05.01. 2010 – Misiones Jesuitico Guaraníes (San Ignacio)

5 01 2010

Todos dormiram bem…. arrumamos as malas e seguimos rumo as ruínas de San Ignacio.

O calor é de matar e está 34 graus (informação da internet), o ar é úmido e o vento é quente, o ar condicionado alivia, mas não refresca….. fizemos uma parada para almoçar, pois não tomamos café da manhã.

Finalmente conseguimos chegar as ruínas, pois a sinalização é péssima. A entrada foi 20 pesos com o calor de matar INCLUSO…..

O lugar é lindo, uma pena que foi destruído pelo tempo e pelas guerras, elas foram construídas por volta de 1600 pelos Jesuítas e o calor continuava a nos matar….

A Patty foi a primeira a parar (prefere voltar no inverno para continuar o passeio)….  começou a se sentir mal, o André foi o segundo, se sentiu desidratado, a Rô desistiu  logo no final….. e o Rodrigo foi o herói, agüentou o passeio todinho com o guia….